Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/tudodeorquideas.com.br/public_html/wp-content/plugins/autoptimize/classes/autoptimizeExtra.php on line 163
Como adubar ORQUÍDEAS - TUDO DE ORQUIDEAS

Como adubar ORQUÍDEAS

Como usar substratos e adubo na sua orquídea

Adubar orquídeas, Qual o melhor alimento para as orquídeas? função dos substratos está em fornecer a sustentação necessária para o crescimento da orquídea, possibilitar a aeração, fornecer nutrientes às raízes e reter umidade para absorção.

Existem diversos substratos disponíveis para orquídeas à serem cultivadas nos vasos, dentre os mais comuns estão: fibras de coco, bucha vegetal, isopor, cacos de telha, musgo esfagno e brita.

Na natureza os substratos são formados por resto de matéria prima em decomposição, como galhos, plantas mortas e folhas.

 Adubação

adubação orquídeas
adubação orquídeas

Apesar do substrato ser capaz de fornecer uma quantidade considerável de nutrientes, apenas ele não é suficiente para fornecer a quantidade necessária que as plantas precisam.

Adubar orquídeas é um complemento do substrato, acredite! esse detalhe pode deixar sua orquídea mais floradal

Assim como a grande maioria das plantas, as orquídeas são capazes de absorver nutrientes por meio de suas raízes e das folhas. Entretanto, muitos estudos apresentam que a maior parte dos nutrientes são absorvidos por meio das raízes.

Esse dado comprova que a adubação pelas folhas, não são tão eficazes.

Diferentes tipos de adubos para adubar orquídea, dentre eles:

Adubos minerais (químicos): 

A mistura NPK, é muito famosa e utilizada por sua praticidade, além do custo e fácil aquisição.

Esses adubos fornecem apenas 3 nutrientes, que são os mais utilizados pelas orquídeas: Nitrogênio (N), Fósforo (P) e Potássio (K).

Mas não são apenas esses nutrientes que as plantas precisam, por isso há a necessidade de adubos com misturas mais complexas.

Caso opte por utilizar adubos químicos, escolha aqueles que são solúveis em água, para que você aplique junto a rega.

A periodicidade da adubação química deve ser a cada 15 dias, conforme as quantidades indicadas na embalagem do produto.

Evite aplicar os adubos minerais granulados direto no substrato, pois isso pode gerar queimadura nas raízes.

Adubos orgânicos: 

Os adubos orgânicos são uma ótima fonte de nutrientes para as plantas, porém fornecem de forma mais lenta.

A absorção dos nutrientes ocorrerá apenas quando a matéria prima se decompuser, pois neste momento o adubo liberará os nutrientes na forma mineral para as raízes.

Esse é o tipo de adubo mais ideal para as plantas, entretanto seu excesso também deve ser evitado.

Pelo simples fato de que adubos orgânicos geram ácidos durante a composição, que podem ser prejudiciais as raízes da planta.

A torta de mamoma e a farinha de osso são os adubos orgânicos mais utilizados pelos criadores de orquídea, podendo ser encontrados nas lojas de jardinagem ou mesmo nos setores de jardinagem dos supermercados.

Substratos para orquídeas

Adubos mistos: 

Os adubos mistos são uma terceira opção para quem pretendente cultivar orquídeas.

Estes formam uma junção entre os adubos químicos e orgânicos, oferecendo a versatilidade dos adubos minerais com a durabilidade dos adubos orgânicos.

— Acesse como molhar a sua orquídea corretamente —

Deixe um comentário