Notice: Trying to access array offset on value of type null in /home/tudodeorquideas.com.br/public_html/wp-content/plugins/autoptimize/classes/autoptimizeExtra.php on line 163
COMO REPLANTAR ORQUÍDEAS?

Como replantar orquídeas?

Você já se perguntou como replantar orquídeas de forma correta? Pois essa é uma questão que pode gerar dúvidas para quem cultiva.

Replantar acaba sendo necessário, para garantir que a planta continue saudável e com seu ciclo habitual de floradas. No entanto, é preciso saber quando e como fazer.

Muitas pessoas na ânsia de cuidar, acabam exagerando e podem por todo o trabalho a perder, seja por errar na quantidade de replantes ou mesmo por demorar a fazê-lo.

Existem vários aspectos que você deve levar em conta para saber se é a hora certa de tomar essa atitude. A planta está doente? O substrato já está degradado?

Esses são apenas alguns dos pontos que você deve prestar atenção antes de decidir ou não que é a hora de executar esse processo.

Vamos agora analisar com detalhes essas informações e te explicar quando e como você deve realizar o replante para continuar mantendo suas plantas bonitas e saudáveis.

Quando é preciso replantar?

como replantar orquídeas

Já adiantamos pra você que alguns dos critérios para avaliar se é hora do replante, são a qualidade atual do substrato e também a saúde da planta.

É preciso que você se atente aos motivos certos para querer trocar sua orquídea de vaso, para não realizar mudanças desnecessárias e acabar por prejudicar a planta.

Um dos pontos importantes e que já citamos, é exatamente o substrato. Essa “terra” preparada para abrigar suas plantas é muito importante para seu correto desenvolvimento e ela se deteriora.

Muitas pessoas ignoram esse conhecimento. Após um tempo, o substrato vai perdendo nutrientes e força, e então, é necessário que seja trocado.

A sua degradação cria um ambiente ácido, onde a raiz da planta pode ser prejudicada.

O tempo varia um pouco, mas em torno de um ano a um ano e seis meses seria o ideal para trocá-lo.

Além disso, um outro fator a ser observado ao verificar a hora de trocar as orquídeas de vaso, é verificar se elas não estejam ficando sem espaço.

Caso a planta esteja apertada no vaso atual, é comum ver as raízes brotando para fora.

Esse pode ser um dos sinais que você precisa ver para enfim efetuar o processo.

Outros fatores que podem incentivar o replante são algum tipo de má formação ou doença na planta, ou o fato de ela não se adaptar ao vaso.

Resumindo, quando você deve pensar em replantar:

  • Substrato velho ou usado há mais de 1 ano e meio;
  • Doenças na planta;
  • Falta de espaço;
  • Baixa adaptação.

Procure efetuar a troca de vaso durante a época de crescimento de novos brotos na planta, assim que acabar uma época de florada.

Passo a passo de como replantar orquídeas

Agora que você já tem noção de quais são os sinais de uma necessidade de replante e quando deve fazê-lo, vamos então conferir o passo a passo de como replantar orquídeas, sem erro.

  • Prepare o substrato novo que será utilizado;
  • Coloque pedaços de telha em cacos, no fundo do novo vaso;
  • Preencha o vaso com a mistura do substrato;
  • Retire cuidadosamente a orquídea do antigo vaso, soltando as raízes com cautela;
  • Se necessário, corte as raízes doentes com tesoura ou faca esterilizada;
  • Após a total limpeza das raízes e desinfecção das mesmas, caso precise, então passe a planta para o novo vaso;
  • As raízes mais antigas podem ficar mais ao fundo, porém não enterre a planta no substrato. Mantenha as raízes mais novas para as laterais, a fim de terem espaço de crescimento;
  • Se necessário, fixe a orquídea com um bastão de madeira e um barbante ou arame;
  • Pronto, está feito seu replante.

Tome cuidados extras na hora de retirar sua planta do antigo vaso, e aproveite para eliminar pequenas pragas ou parasitas que possam estar nas raízes ou folhas.

E lembre-se, use sempre tesouras esterilizadas e evite fazer cortes desnecessários, já que a planta é sensível e pode se infeccionar facilmente.

Qual o melhor momento?

como replantar orquídeas

Agora você sabe como replantar orquídeas, mas quando fazê-lo?

O melhor momento para replantar é aquele em que você percebe que é necessário, seja pelo substrato envelhecido, ou a falta de espaço de adaptação da sua planta.

Além disso, prefira fazer o procedimento na época mencionada, após o fim da florada, quando começarem a crescer os novos brotos e folhas.

Substratos utilizados

O substrato não é simples terra onde você depositará sua orquídea. Ele dá sustentação e fornece nutrientes para que ela cresça de forma saudável.

Basicamente, ele forma um ambiente que se assemelha àquele que ela encontraria se estivesse na natureza.

Eles podem conter:

  • Pedras;
  • Lascas de madeiras;
  • Carvão vegetal;
  • Coxim de coco;
  • Pinus.

Entre outros tipos. Procure deixar o substrato bem respirável, para evitar retenção indesejada de líquidos.

Qual tipo usar? Vaso ou terra?

Primeiramente, isso poderá depender da espécie que você cultiva.

O plantio pode ser realizado na terra, porém, as que melhor se adaptam a esse modelo são as terrestres, que também podem estar em vasos.

As epífitas vivem melhor nas cascas das árvores. Você pode também utilizar vasos furados lateralmente para esse tipo de planta.

Já as espécies rupícolas se dão melhor em vasos do que diretamente no chão.

Seja como for, agora você já sabe como replantar orquídeas. Então coloque a mão na massa e efetue a troca com segurança e cuidado que suas plantas merecem.

Deixe um comentário